Ubbu discute revolução tecnológica nas escolas públicas com Secretário de Estado da Educação

A ubbu, plataforma que ensina programação nas escolas, juntou-se a João Costa, Secretário de Estado da Educação para uma conversa sobre o papel das escolas públicas na revolução tecnológica. O evento é aberto e acontece na Casa do Impacto já no próximo dia 21 de março (quinta-feira), entre as 18h e as 21h. As inscrições são abertas a todos e devem ser feitas aqui.

Legal Hackathon premeia tecnologia que simplifica linguagem jurídica

Chama-se O Meu Amigo Jurista e foi o projecto vencedor do Legal Hackathon, a primeira maratona de programação na área de Legal Empowerment em Portugal. Durante este fim-de-semana, 16 equipas desenvolveram soluções tecnológicas com o objetivo de dar aos cidadãos acesso fácil a informação jurídica com vista a um mais eficaz exercício da cidadania. O Legal Hackathon foi organizado pela Fundação Vasco Vieira de Almeida, VdA Academia, VdA e pela Startup Lisboa, com o apoio da Microsoft, da OutSystems, e a chancela da cátedra de Life Long Learning da UNESCO.

Conferência de Java e JavaScript junta mais de 500 programadores em Coimbra

Acontece no próximo dia 4 de Junho a JNation, a conferência para developers de Java e JavaScript, as linguagens de programação mais populares do mundo. A conferência que traz a Portugal as rock stars mundiais da programação Java e JavaScript vai invadir o Convento de São Francisco, em Coimbra, prometendo colocar a cidade na rota internacional das conferências de Java e JavaScript.

Procura uma nova oportunidade profissional? Nasceu a primeira Academia de Privacidade portuguesa

A Academia de Privacidade (AP) é o novo centro de capacitação para profissionais que desejam investir numa carreira na área da gestão de privacidade e já tem inscrições abertas para o primeiro curso. Com uma duração de oito semanas em regime pós laboral, o bootcamp inaugural decorre de 26 de março a 25 de maio e está indicado para pessoas que procuram uma transição funcional dentro das empresas ou que estejam numa fase de mudança de emprego. Os interessados devem aceder aqui e submeter o formulário online.

Já há um bot a recrutar na Internet, e foi feito por portugueses

Foi avaliada em 5.1 milhões de dólares no final de 2018 e já foi investida em mais de 400 mil dólares por entidades como a Universidade de Oxford ou a Will Group (um dos gigantes do recrutamento no Japão). Chama-se Newton, recruta através do chat do Messenger (no Facebook) e foi fundada por portugueses em São Francisco. A startup vai expandir para Portugal e para o Japão em Fevereiro.