ubbu: escolas já se podem inscrever gratuitamente para ensinar programação

ubbu: escolas já se podem inscrever gratuitamente para ensinar programação

A plataforma que ensina programação a alunos do 1.º ao 6.º ano tem inscrições abertas para o próximo ano letivo.

 E se todas as crianças dos 6 aos 12 anos pudessem aprender programação? A ubbu tem a resposta e, no caso das escolas públicas do país, à exceção do Algarve e Ilhas, a plataforma é totalmente gratuita. Para o ano letivo de 2019/20, as escolas que se queiram inscrever (inclusive escolas particulares e das zonas não abrangidas pelo programa) já o podem fazer em links.ubbu.io/2020 até 13 de setembro.

A disciplina chama-se Ciência da Computação e estimula as crianças a resolver desafios do quotidiano através da sua linguagem, a programação. É um dos fatores decisivos para o sucesso escolar e, ao mesmo tempo, crucial para o desenvolvimento das crianças enquanto indivíduos conscientes e preparados para o futuro digital.

Quando aprendemos uma nova língua, onde antes víamos letras ou sílabas, passamos a ver palavras e significados. A partir desses significados, os alfabetizados em código são capazes de se transformarem de utilizadores para criadores de tecnologia.” garante João Magalhães, CEO da Code For All, entidade detentora da ubbu. “Fazemos assim da programação uma nova língua universal, como o inglês.” completa.

A plataforma é de fácil acesso tanto para alunos como para professores que têm recursos para a capacitação via formação acreditada e até acompanhamento no decurso das aulas. Na sala de aula é necessário um computador para cada dois alunos. As aulas acontecem uma vez por semana onde, com base nos Objetivos para o Desenvolvimento Sustentável da ONU, os alunos são desafiados a utilizar as mais diversas ferramentas de conhecimento e aliá-las à tecnologia, para a sua resolução.

Em 2017/18 este software lecionou em mais de 320 agrupamentos de escolas por todo o país, com milhares de atividades como quizes e exercícios. Para além de Portugal, também está presente em Espanha, Noruega, Cabo Verde, Macau, Estados Unidos, Brasil, África do Sul.

A ubbu quer tornar as crianças conscientes e responsáveis através da programação

No passado ano letivo, os alunos do 3.º nível foram submetidos a um concurso nacional que pretendia incentivar a programação livre, autónoma e criativa através da criação de um jogo educativo. “O teu jogo de programação”, criado pelos alunos, deveria enquadrar-se nos seguintes parâmetros:

- Ensino a outros alunos de conceitos e competências de iniciação à programação;

- Conter um ou mais dos seguintes temas principais: algoritmos, sequências, bugs, eventos, instruções em simultâneo, condições, variáveis, funções e repetições e ciclos.

 Os alunos tiveram dois meses para criar o projeto. Dos vários que participaram, o jogo “Resgate”, desenvolvido por um grupo de quatro crianças do 6.º ano do Agrupamento de Escolas do Fundão conseguiu distinguir-se tanto pela sua criatividade, inovação, eficácia e exequibilidade, como pela temática ligada aos Objetivos para o Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas. Trata-se de um barco que tem como objetivo resgatar  pessoas em alto mar e levá-las para um lugar seguro, uma analogia à situação de migrantes e refugiados.

Os vencedores irão ver o seu jogo incorporado na ubbu para, assim, ensinar outras crianças a programar.

O Fundão foi o primeiro município a implementar o projeto em todas as suas escolas. Lá, as aulas de programação da ubbu começaram há 4 anos, ainda enquanto <Academia de Código_Júnior>.

“Os professores são a chave para o sucesso do trabalho da ubbu nas escolas”

João Magalhães “Os professores são o nosso braço armado nas escolas pois acompanham de perto a progressão dos alunos. Com o contacto frequente e um questionário anual, conseguimos adaptar e otimizar de ano para ano os conteúdos e desafios da plataforma. Este ano atingimos níveis extremos de satisfação e reconhecimento, o que mostra o quão alinhados estão estes profissionais com os ideias da ubbu e que temos, em conjunto, uma solução inteligente que ajuda e vai ajudar o presente e futuro destas crianças” revela João.

Métricas do questionário  sobre satisfação e utilização da ubbu em 2019, pelos professores:

ubbu.jpg


SOBRE A UBBU A ubbu é uma plataforma de aprendizagem de programação personalizada para professores e alunos. Em Portugal já ensina programação a mais de 60 mil crianças e, até ao final de 2019, tem acordos estabelecidos para 1 milhão de alunos em todo o mundo.
Iniciou atividade em 2014, enquanto <Academia de Código_Júnior>. O que começou por um piloto, acabou por ser objeto de apoio do Estado que em 2016 implementou o projeto nas escolas de todo o país, à excepção de LIsboa, Algarve e Ilhas. Este ano o programa já abrange a região de Lisboa.
Os agrupamentos interessados em ter Ciências da Computação no seu currículo escolar podem inscrever-se em links.ubbu.io/2020.

Redes Sociais do ubbu: Facebook + Youtube + Instagram

Para mais informações consultar: www.ubbu.io


Para mais informações e imagens, por favor contacte:
Sara Seabra Diniz
T: +351 918 425 547
E: sara.diniz@doctorspinpr.com

 

GoParity abre projeto para financiar o maior co-work sustentável de Portugal

GoParity abre projeto para financiar o maior co-work sustentável de Portugal

OysterWorld: produção de ostras em prol do impacto ambiental

OysterWorld: produção de ostras em prol do impacto ambiental